+55 31 3775-0709 | +55 31 9 9190-0151
O que e como funciona a Radiofrequência Multipolar

Radiofrequência Multipolar: o que é essa tecnologia que combate a flacidez corporal e facial?

A radiofrequência multipolar é uma tecnologia que trabalha com a emissão de ondas eletromagnéticas no tecido. Possui o intuito de tratar flacidez corporal e facial, reduzir celulite e estimular colágeno.

Inevitavelmente, a flacidez surge com o passar dos anos, pois a partir dos 25 anos de idade há uma queda na produção do colágeno e elastina, proteínas muitos presentes em todo o corpo e que têm várias funções no organismo, como de unir e fortalecer os tecidos. Com isso, a pele perde sustentação, viço e tônus. Além disso, fatores como sedentarismo, exposição excessiva ao sol, emagrecimento e alimentação inadequada também contribuem para a flacidez.

Mas, a boa notícia é que, se antes uma das únicas alternativas para acabar com a flacidez era a cirurgia plástica, hoje temos disponíveis no mercado de estética excelentes métodos que tem resultados incríveis.

A tecnologia preferida quando o assunto é flacidez de pele é, sem dúvida, a radiofrequência. Hoje os equipamentos mais modernos trabalham com a modalidade de radiofrequência multipolar. Quer saber o que é, como ela age, contraindicações e informações sobre o tratamento? Vamos te mostrar tudo isso logo abaixo, acompanhe!

O que é a Radiofrequência Multipolar?

A radiofrequência é uma tecnologia que trabalha com a emissão de ondas eletromagnéticas no tecido, sendo utilizada para diversos fins, com excelentes resultados na estética, principalmente para flacidez tissular.

Atualmente, os dispositivos encontrados no mercado podem ser de diferentes tipos: unipolar, bipolar ou multipolar. Este último está presente nos equipamentos mais modernos e não necessita da placa de aterramento para agir, como acontece nos outros dois métodos.

Na radiofrequência multipolar, a própria ponteira do equipamento possui três ou mais eletrodos. Como resultado, fazem uma intensa alternância de polaridade e de paridade, variando o ponto de saída e chegada da corrente elétrica. Isso torna a entrega de energia homogênea e bem distribuída em diferentes camadas da pele.

Ao atravessar os tecidos, essa alta energia emitida gera uma vibração iônica e resistência, que provoca o aumento da temperatura local por efeito joule (aquecimento seletivo).

Como a tecnologia ajudar a combater a flacidez corporal e facial

A radiofrequência multipolar atua gerando calor por conversão, promovendo um aquecimento de dentro para fora. Quando o organismo detecta uma temperatura (que pode chegar a 42°C) maior do que a sua fisiológica (varia de 35°C a 37°C), vários efeitos benéficos são desencadeados. A saber:

  •         Vasodilatação dos capilares (vasos que constituem a rede de distribuição e recolhimento do sangue nas células);
  •         Aumento da circulação e vascularização da área;
  •         Descompressão dos tecidos tratados;
  •         Melhora da reabsorção dos líquidos intercelulares excessivos;
  •         Melhora do sistema de drenagem de toxinas e radicais livres;
  •         Desnaturação e contração das fibras de colágeno já existentes;
  •         Produção de novas fibras de colágeno (neocolagênese) e elastina

Todas essas reações desencadeadas pela radiofrequência multipolar, são excelentes para o tratamento da flacidez (tanto facial, quanto corporal), principalmente por trabalharem o colágeno na região e estimular a formação de novas dessas fibras, que dão sustentação à pele.

Duração do tratamento e resultados esperados

Após uma avaliação personalizada, o especialista deve propor o tratamento numa programação ideal para cada paciente. Para o tratamento completo de radiofrequência multipolar, são indicadas de 6 a 12 sessões, que podem ser realizadas semanalmente e duram em torno de 40 a 60 minutos, dependendo da área tratada.

De acordo da resposta do paciente, sessões adicionais podem ser indicadas e, periodicamente, o mesmo deve passar por sessões de manutenção, que devem começar com duas vezes ao mês e depois espaçar, gradualmente, para cada dois ou três meses.

A sessão é indolor e a sensação sentida pelo paciente é de um aquecimento bem suportável na região.

Os resultados esperados após o tratamento com a radiofrequência multipolar são:

  •         remodelação corporal;
  •         redução de celulite;
  •         redução de medidas;
  •         estímulo de colágeno;
  •         tratamento de flacidez (corporal e facial).

Contraindicações da Radiofrequência Multipolar

Assim como em qualquer tratamento, o uso da radiofrequência multipolar é restrito em alguns casos. A saber:

  • Marcapasso;
  • Pacientes com histórico de câncer nos últimos 5 anos;
  • Grávidas e lactantes;
  • Pacientes em uso de corticoides;
  • Dermatite na área a ser tratada;
  • Implantes de metal e/ou silicone na zona a ser tratada (no caso do uso da opção Cavitação);
  • Epilepsia.

Por ter essas restrições, é indispensável que o profissional faça uma avaliação prévia no paciente antes de começar o tratamento com a radiofrequência multipolar.

Equipamentos que possuem a Radiofrequência Multipolar

Um dos equipamentos de ponta e mais modernos que oferece todos os benefícios do tratamento com a radiofrequência multipolar é o MultiShape.

Mas, se o tratamento com essa tecnologia de forma isolada já é bom, com o MultiShape ela é ainda melhor! O equipamento em questão trata-se de uma plataforma multifuncional que combina à radiofrequência outras duas tecnologias: cavitação poderosa e sistema de endermologia Super Pulse.

O MultiShape é excelente para trabalhar diversas áreas do corpo, inclusive aquelas que são difíceis de serem trabalhadas na academia. O tratamento pode ser realizado no abdômen, braços, intercostal, pernas, glúteos, seios/colo, face.

O aparelho possui 4 aplicadores diferentes, para melhor adaptação da aplicação em todo o corpo, tendo um aplicador multipolar especialmente projetado para lifting da área dos olhos e pescoço.

Através da sua exclusiva tecnologia Super Pulse, o MultiShape potencializa os resultados através da endermologia gerada pelo equipamento, produzindo uma pressão negativa nos tecidos. Como resultado, redistribui e aumenta o metabolismo no tecido adiposo, reduzindo o número de células de gordura e afetando a superfície dessas estruturas.

LEIA TAMBÉM: 5 características que fazem o MultiShape ser o aparelho de estética corporal mais eficiente do mercado.

Quer saber mais sobre o Multishape?

Se você estava procurando por um equipamento estético que oferecesse a tecnologia de radiofrequência multipolar, você acabou de achar. Tem dúvida ou está interessado em receber um orçamento do Multishape? Preencha o formulário abaixo!

Informações do autor

Equipe Innove Med

Sem Comentários

Postar Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
💬 Precisa de ajuda?
Powered by