+55 31 3775-0709 | +55 31 9 9190-0151
4 tipos de Peeling Facial

Peeling facial: tipos, profundidades e indicações

O envelhecimento natural da pele e fatores como exposição solar e falta de uma rotina de cuidados home care, fazem com que o maior órgão do corpo humano sofra danos ao longo dos anos.

Esses danos são progressivos e tendem a piorar com o passar do tempo, mas atualmente existem diversos tratamentos que revertem ou atenuam esses sinais do envelhecimento cutâneo. Dentre os disponíveis, um dos mais procurados é o peeling facial.

Por mais que o peeling facial seja um procedimento muito conhecido, ainda assim muitas dúvidas surgem. Principalmente de profissionais, que tem dúvidas com relação aos tipos disponíveis, profundidades alcançadas e resultados. É sobre isso que falaremos abaixo!

O que é o peeling facial?

A palavra “peeling” se origina do inglês “to peel”, que significa descascar ou descamar.

Esse procedimento estético, muito procurado nas clínicas dermatológicas do Brasil, utiliza agentes químicos ou físicos para estimular a renovação das células da pele através de sua descamação controlada.

Após avaliação prévia, o profissional responsável pelo peeling facial vai definir os objetivos e parâmetros que serão utilizados. Após a utilização do agente escolhido, haverá a destruição da camada da pele, podendo variar a profundidade de ação, eliminando as células mortas e estimulando a sua regeneração.

Em resumo, o peeling facial descama uma camada da pele que será regenerada, ficando com um aspecto renovado, com aspecto mais saudável e bonito.

O peeling no rosto é muito utilizado para clarear manchas, cicatrizes de acne, tratar rugas e linhas de expressão, controle da oleosidade, dentre outras indicações.

Profundidade dos peelings faciais

Baseado nos objetivos do tratamento e no tipo de pele do paciente, os diferentes tipos de peelings faciais também possuem distintas profundidades de ação. A saber:

Superficial

Esse tipo de peeling facial atua na camada mais superficial da pele, a camada córnea, causando discreta ou nenhuma descamação visível, apenas estimulando o colágeno da região.

O peeling superficial indicado para: manchas superficiais, melhorar a hidratação e o viço da da pele, potencializar o tratamento com cremes, prevenir cravos e espinhas.

Médio

O peeling facial de profundidade média tem como objetivo destruir e esfoliar a epiderme quase que totalmente. É indicado para: atenuação de rugas finas, alguns tipos de manchas na pele, peles envelhecidas pelo sol, renovação da camada externa da pele e estímulo de colágeno.

Profundo

É o tipo de peeling facial mais agressivo, pois tem ação na derme. O peeling profundo é indicado para: rugas ou cicatrizes profundas, manchas, peles muito envelhecidas, lesões epidérmicas, elastose solar.

Esse tipo de peeling é muito complexo e deve ser realizado somente por profissionais especializados, muitas vezes pode ser necessária até sedação.

4 tipos de Peeling para o rosto

Peeling de Cristal

O que é: tratamento que utiliza cristais de óxido de alumínio com propriedades coagulantes para melhorar a saúde da pele de uma forma geral. Esse peeling facial é realizado com um aparelho que contêm esses cristais na ponta, promovendo a sucção da pele, removendo sua camada mais superficial e estimulando a produção de colágeno.

Indicações: tratamento de cicatrizes de acne, rugas finas, flacidez.  

Benefícios: pele com mais vigor e brilho, diminuição dos poros dilatados, melhora da textura da pele, remoção de manchas, atenuação de cicatrizes de acne e redução de estrias.

Quantidade de sessões: Para o Peeling de Crystal recomenda-se, no mínimo, 3 sessões, 1 vez por semana. O número total de sessões varia de acordo com o caso.

Peeling de Diamente

O que é: o peeling de diamante, também conhecido como Dermoabrasão, consiste no uso de um aparelho cuja ponteira possui um diamante rígido, tipo lixa, na extremidade, capaz de promover o lixamento da pele, esfoliando e estimulando a renovação do tecido.

Indicações: tratamento de melanoses, tratamento de cicatrizes de acne, suavização e remoção de rugas, desobstrução dos poros, tratamento de estrias, diminuição da oleosidade da pele.

Benefícios: esfolia a pele, removendo as células mortas, estimula a produção de colágeno, melhora o aspecto, textura e aparência da pele.

Quantidade de sessões: o tratamento com Peeling de Diamante varia de 3 a 5 sessões, de acordo com o caso, podendo ser realizado quinzenalmente.

Peeling de Fenol

O que é: o peeling de fenol é um tratamento com excelentes resultados, porém, muito agressivo e profundo. A sessão é feita mediante sedação e através da aplicação de um ácido específico, capaz de remover as camadas da epiderme e de porções da camada média e inferior da derme, promovendo o crescimento de uma pele renovada.

Indicações: pele gravemente danificada pelo sol, rugas mais profundas, cicatrizes e manchas.

Benefícios: pele renovada, mesmo as mais danificadas.

Quantidade de sessões:  por esse peeling facial ser muito radical e profundo, apenas uma única sessão é necessária nesse tratamento.

Peeling a Laser

O que é: esse procedimento utiliza feixes de luz em formato de laser para remover as camadas superiores da pele e, assim, renová-la a medida com que ela é reconstituída. É um procedimento considerado agressivo, pois lesiona a pele causando a sua vaporização. É um procedimento doloroso e pode ser realizado mediante anestesia tópica ou sedação.

Indicações: fotorejuvenescimento, clareamento da epiderme, tratamento de cicatrizes de acne e alterações pigmentares.

Benefícios: estimula a produção de colágeno e reorganiza das fibras já existentes.

Quantidade de sessões: duas até cinco sessões. A periodicidade desse peeling facial também varia de acordo com a indicação, podendo ser de 45 dias até três meses, de acordo com a orientação do médico.

Peeling Raytrace Sub-ablativo

Uma grande novidade para quem busca excelentes resultados para rejuvenescimento facial é o Peeling Raytrace® . Esse procedimento sub-ablativo utiliza a tecnologia Raytrace, desenvolvida pela Innove Med, para gerar uma pluma iônica que sublima a pele em várias profundidades.

Apesar de alcançar uma temperatura que chega a 1000°C (sem ultrapassar a lâmina basal, mantendo uma ação mais profunda a 40°C sem destruir nenhuma célula), ao contrário dos peelings químicos e lasers, o Peeling Raytrace® não precisa queimar ou vaporizar a pele para ter bons resultados. Isso faz com que o seu grande diferencial seja o tempo de recuperação.

Com o Peeling Raytrace®, o profissional consegue fazer de 7 a 40 pontos por segundo e a ablação pode ser controlada em diferentes profundidades, variando apenas velocidade e a frequência do aparelho. Mesmo sendo mais profundo, sua recuperação é 3x mais rápida que o laser.

O Peeling facial com tecnologia Raytrace combate os radicais livres com ação antioxidante, equilibra a energia das células e sublima a pele em várias profundidades, regulariza as membranas e acelera o processo de renovação celular.

Em contraste com outros procedimentos no mercado, o Peeling Raytrace Sub-ablativo pode ser executado em qualquer fototipo, inclusive em peles negras.

São necessárias de 1 a 4 sessões para obter máximos resultados, com intervalos de 15 a 45 dias, dependendo da intensidade a ser trabalhada.

Solange Frazão realizando Peeling facial com tecnologia Raytrace
Apresentadora Solange Frazão realizando o Peeling Raytrace Sub-ablativo na Clinica Kátia Volpe, em São Paulo.

LEIA TAMBÉM: Conheça o procedimento de rejuvenescimento da pele feito pelas famosas Milene Domingues e Solange Frazão

Quer conhecer a tecnologia Raytrace?

Preencha o formulário abaixo para receber mais informações sobre o nosso equipamento capaz de realizar peeling facial.

    Informações do autor

    Equipe Innove Med

    Sem Comentários

    Postar Comentário

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    Open chat
    💬 Precisa de ajuda?